Bolsas

Câmbio

Dow Jones fecha em baixa de 0,15% e perde sequência de recordes

Nova York, 8 ago (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou nesta terça-feira em baixa de 0,15% e quebrou uma sequência de nove recordes após o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ameaçar responder à Coreia do Norte com "um fogo e uma fúria nunca vistos no mundo".

Ao final do pregão, o principal indicador da Bolsa de Nova York perdeu 33,01 pontos, para 22.085,34. Já o seletivo S&P 500 caiu 0,24%, até 2.474,92, enquanto o índice composto da Nasdaq recuou 0,21%, terminando o dia com 6.370,46 pontos.

Após iniciar o dia em baixa, Wall Street conseguiu se recuperar e, no meio da sessão, registrava avanços claros, mas esses lucros foram se perdendo progressivamente durante a segunda metade da jornada.

O golpe definitivo chegou já perto do fechamento, quando Trump falou sobre a Coreia do Norte, após a divulgação de uma informação segundo a qual Pyongyang teria fabricado uma ogiva nuclear reduzida que pode ser colocada em um dos seus mísseis balísticos.

"Melhor que a Coreia do Norte não faça mais ameaças aos Estados Unidos. Encontrarão com um fogo e uma fúria nunca vistos no mundo", disse Trump em declarações aos jornalistas em Bedminster, Nova Jersey.

Suas palavras provocaram uma forte queda no pregão nova-iorquino e o Dow Jones chegou a cair momentaneamente mais de 60 pontos, ainda que no final tenha conseguido limitar as perdas.

Ao final da sessão, todos os setores de Wall Street estavam tingidos de vermelho, com exceção do setor de empresas de serviços públicos, que avançava 0,15%.

Os maiores retrocessos foram os das empresas de matérias-primas (-0,72%), as sanitárias (-0,49%) e as energéticas (-0,49%).

Entre os 30 componentes do Dow Jones, Apple (0,8%), Disney (0,59%), Microsoft (0,54%) e Chevron (0,52%) registraram hoje os melhores resultados.

No outro lado da balança, as ações da Merck perderam 0,83%, seguidas por DuPont (-0,82%), Nike (-0,55%) e Verizon (-0,53%).

Em outros mercados, a onça do ouro subia para US$ 1.266,10, enquanto a rentabilidade da dívida pública a dez anos avançava até 2,273%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos