Bolsas

Câmbio

Uber quer que executivo-chefe da Expedia seja seu novo CEO

Em Nova York

  • Paul Sakuma/AP Photo

    Dara Khosrowshahi, atual CEO da Expedia, e possível futuro CEO do Uber

    Dara Khosrowshahi, atual CEO da Expedia, e possível futuro CEO do Uber

O Uber escolheu Dara Khosrowshahi, executivo-chefe da empresa digital de viagens Expedia, como CEO da companhia, nove semanas após a renúncia do seu cofundador, Travis Kalanick, informou neste domingo (27) a imprensa especializada.

O aplicativo de transportes votou neste domingo a designar Khosrowshahi frente a outros dois candidatos, o presidente da General Electric, Jeff Immelt, e Meg Whitman, executiva-chefe da Hewlett Packard Enterprises, segundo disseram fontes próximas à decisão ao jornal "The New York Times".

A escolha de Khosrowshahi como CEO do Uber, uma oferta que ele ainda não aceitou, procura devolver à empresa a estabilidade que lhe faltou nos últimos meses.

Desde fevereiro, a cúpula do Uber sofreu várias baixas que culminaram com a renúncia de Kalanick em junho, no meio de uma polêmica sobre a cultura corporativa e denúncias de assédio sexual e discriminação.

O Uber, de propriedade privada e avaliado em cerca de US$ 70 bilhões, continua tendo o ex-CEO no seu conselho de administração - o que provocou disputas internas na hora de escolher um novo responsável.

Se aceitar o cargo, Khosrowshahi, de 48 anos e CEO da Expedia desde 2005, terá pela frente a tarefa de combater a crise de imagem do Uber, que também enfrenta um processo da matriz do Google, o Alphabet, pelo suposto roubo de informação sobre seus veículos autônomos.
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos