Bolsas

Câmbio

Emirados Árabes Unidos vão inaugurar tirolesa mais longa do mundo

Marta Pérez Cruzado.

Ras Al Jaima (Emirados Árabes Unidos), 31 ago (EFE).- Voar como um pássaro e se sentir como um super-herói: essas são as experiências que os Emirados Árabes Unidos querem oferecer às pessoas a partir de dezembro, quando será inaugurada no país tirolesa mais comprida do mundo.

"A atração será a primeira fase de um parque de diversões que contará com equipamentos únicos no mundo", explicou à Agência Efe o diretor-executivo para o país da empresa costa-riquenha Toro Verde, Jorge Jorge, encarregado do projeto.

Até o momento, não foi revelado qual será o tamanho da tirolesa, mas Jorge garantiu que ela superará em muito os 2,2 quilômetros de comprimento da 'El Mostro', a mais longa do mundo, em Porto Rico, também administrada pela Toro Verde.

A atração do novo parque será construída na montanha Jabal Jais, a mais alta dos Emirados Árabes, com 1.934, em Ras Al Jaima, perto da fronteira do país com Omã.

O investimento para a etapa inicial é de US$ 2,5 milhões, um capital exclusivo da Toro Verde, apesar de a empresa ter como sócia no projeto a autoridade de Ras Al Jaima, que cedeu o terreno onde será construída a tirolesa.

Pessoas de todas as idades poderão aproveitar da tirolesa depois que ela for inaugurada, desde que tenham entre 35 e 100kg e uma altura mínima de 1,20m. Elas "voarão", de forma "muito segura", segundo Jorge, a uma altura máxima de 500 metros e em velocidades que poderão chegar a 130 km/h.

"Essa tirolesa proporcionará às pessoas uma experiência inigualável", indicou o diretor-executivo da Autoridade de Desenvolvimento Turístico de Ras Al Jaima, Haizam Mattar.

"Quando você estiver preso na posição horizontal, se sentirá como um super-herói e cortará o céu como se fosse um pássaro. É o jeito mais próximo que você poderá experimentar para saber o que é voar", disse Mattar.

Finalizada a vertiginosa queda, os aventureiros aterrissarão em uma plataforma suspensa no ar, de onde seguirão em uma segunda parte para na viagem de volta para terra firme.

Na primeira fase de operações, segundo Mattar, a tirolesa terá capacidade para levar 250 pessoas ao dia. "Seriam 100 mil em um ano, o que significa que estamos diante de uma atração sem precedentes no mundo e muito menos nesta região", afirmou.

O projeto conta com um estacionamento, a possibilidade de chegar ao topo da tirolesa de helicóptero - com um pagamento especial -, um centro de boas-vindas aos turistas, com cafeteria, restaurante, bilheterias, armários para armazenar equipamentos e escritórios.

A construção e a manutenção da tirolesa de Ras Al Jaima, que quebrará uma marca no Livro dos Recordes, terá como base o ecoturismo e um impacto mínimo no meio ambiente, segundo o diretor técnico e de operações da Toro Verde, Ricardo Lizano.

Segundo ele, o equipamento produzirá a própria energia para funcionar, a partir de materiais de telas fotovoltaicas que permitirão a geração de energia limpa. Além disso, disse Lizano, o projeto da tirolesa foi pensado para que ela tenha um "impacto positivo" no meio ambiente.

Jorge afirma que a paisagem de Jabal Jais, onde será construída a tirolesa, oferece um pano de fundo icônico para o que será uma "experiência única para as pessoas de todo o mundo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos