Bolsas

Câmbio

Barril do Texas fecha em forte alta de 2,89%

Nova York, 5 set (EFE).- O barril do Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) fechou nesta terça-feira em forte alta de 2,89%, cotado a US$ 48,66, seu nível mais alto em um mês, depois que as refinarias do Golfo do México voltaram à normalidade após a passagem do furacão "Harvey".

Ao final do pregão na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos futuros do WTI para entrega em outubro subiram US$ 1,37 em relação ao fechamento de sexta-feira passada, uma vez que ontem foi feriado nos Estados Unidos.

A reabertura das refinarias do Texas fechadas pela passagem do furacão "Harvey" encorajou os operadores do Nymex, onde o preço do barril do Texas subiu até níveis que não se viam desde o último dia 11 de agosto.

O furacão fez com que as refinarias americanas deixassem de processar cerca de quatro milhões de barris diários de petróleo, o que tinha alimentado temores de que houvesse um desabastecimento de gasolina.

O mercado mantém ainda a atenção na situação na Coreia do Norte, uma vez que países vizinhos como Coreia do Sul, Japão e China são responsáveis por grande parte da produção asiática de petróleo

Por sua vez, os contratos de gasolina para entrega em outubro caíram US$ 0,04 e ficaram em US$ 1,70 o galão, enquanto os de gás natural com vencimento no mesmo mês perderam quase US$ 0,10, para US$ 2,97 por cada mil pés cúbicos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos