Bolsas

Câmbio

Trump reitera respeito por Yellen, mas evita confirmar se a manterá no Fed

Washington, 14 set (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, reiterou nesta quinta-feira ter respeito por Janet Yellen, atual presidente do Federal Reserve (Fed), mas afirmou que ainda não tomou uma decisão se manterá no cargo após o fim de seu mandato no comando do banco central do país, em fevereiro de 2018.

"Respeito muito a presidente Yellen. Gosto dela e a respeito, mas ainda não tomei essa decisão", disse Trump a bordo do Air Force One, o avião presidencial, em viagem de retorno após uma visita à Flórida para ver de perto os prejuízos causados pelo furacão Irma.

O mandato da atual presidente do Fed termina em fevereiro de 2018. Cabe a Trump decidir se a mantém no cargo ou se escolhe um substituto.

Apesar de ter criticado duramente Yellen, indicada pelo ex-presidente Barack Obama, durante a campanha eleitoral por considerar que ela atuava de maneira "política", Trump mudou de opinião nos últimos meses e expressou respeito pelo bom trabalho da economista no comando do Fed.

"Acredito que o país vai bem", afirmou Trump, ao citar os indicadores positivos de crescimento e desemprego nos EUA.

Em julho, Trump afirmou que Yellen, a primeira mulher a comandar o Fed em mais de 100 anos, é candidata a seguir no cargo. No entanto, citou também Gary Cohn, atual diretor do conselho de assessores econômicos da Casa Branca, como outra das opções.

Trump disse na época que tomaria uma decisão no fim do ano.

O Fed, imerso em um programa de ajuste monetário gradual como reflexo do bom rumo econômico dos EUA, já subiu as taxas de juros do país duas vezes neste ano. E indicou que pode elevar o índice outra vez até o fim de 2017.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos