Bolsas

Câmbio

Roubo de dados sofrido pelo Yahoo em 2013 foi 3 vezes maior que o anunciado

Nova York, 3 out (EFE).- O roubo de dados sofrido pelo Yahoo em agosto de 2013 foi muito pior do que se pensava e afetou 3 bilhões de contas, o triplo do número inicial.

O Yahoo tinha anunciado no último dia 14 de dezembro que hackers roubaram informações de mais de 1 bilhão de contas em um ataque realizado em agosto de 2013, um terço dos usuários da companhia.

Antes, em setembro, reconheceu que por um ataque ocorrido no fim de 2014 tinham sido roubadas informações de 500 milhões de contas.

Essas ações mancharam a imagem da empresa e prejudicaram a operação pela qual o núcleo do Yahoo foi comprado pela Verizon, que tornou a companhia parte de um consórcio batizado como Oath.

Um comunicado divulgado hoje pela Oath indicou que as informações obtidas após a aquisição do Yahoo mostram que todas as contas de usuários da companhia foram afetadas pelo ataque de agosto de 2013.

A conclusão foi obtida a partir da informação recebida durante a integração dos negócios e pela contribuição de especialistas externos que examinaram o tema.

"A investigação indica que as informações do usuário que foram roubados não inclui senhas, dados sobre cartões de crédito ou contas bancárias", anunciou a Oath em comunicado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos