PUBLICIDADE
IPCA
+0,25 Jan.2021
Topo

Avianca dá ultimato a pilotos para que voltem ao trabalho

15/10/2017 23h17

Bogotá, 16 out (EFE).- A companhia aérea Avianca deu neste domingo um ultimato para os mais de 700 pilotos que estão em greve desde o dia 20 de setembro e a quem lhes deu prazo até esta segunda-feira para que retomem ao trabalho.

"A Avianca receberá os pilotos que vêm participando da paralisação ilegal de atividades, sem tomar ações disciplinares contra aqueles que foram induzidos a tomar decisões sem conhecer com clareza as condições e consequências que tais determinações envolviam", diz uma carta enviada à Associação Colombiana de Pilotos Civis (Acdac).

Neste sentido, o documento lembra que no dia 6 de outubro o Tribunal Superior de Bogotá declarou ilegal a greve da Acdac convocada para exigir melhoras trabalhistas e salariais.

Além disso, assegura que não tiveram nenhuma reunião com a Acdac nem com terceiros após o dia 26 de setembro "para negociações adicionais" e "não existe uma mesa de negociação nem conversas com nenhuma entidade do Governo ou com terceiros".

Finalmente, a a empresa aérea adverte que os pilotos "que não se apresentarem para suas funções trabalhistas na data definida serão processados disciplinarmente".