PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Morre Taizo Nishimuro, ex-presidente da Toshiba e da Bolsa de Tóquio

19/10/2017 08h17

Tóquio, 19 out (EFE).- O ex-presidente da Toshiba e da Bolsa de Tóquio, Taizo Nishimuro, uma destacada figura do cenário empresarial japonês, morreu aos 81 anos, segundo informaram nesta quinta-feira os meios de comunicação locais.

A imprensa confirmou hoje a informação citando fontes da Toshiba, mas não detalha a data nem a causa da morte de Nishimuro, que também presidiu o gigante financeiro e operador do serviço de correios do país asiático, Japan Post Holdings.

Nishimura se formou em Economia na prestigiada Universidade de Keio em 1961 e imediatamente depois passou a fazer parte do fabricante de equipamentos elétricos Tokyo Shibaura Denki, atualmente denominada Toshiba.

Assumiu a presidência de Toshiba em 1996 e, durante seu mandato, fez várias reformas corporativas de peso até que, em 2000, foi nomeado presidente honorário da empresa, cargo que abandonou cinco anos mais tarde para ocupar um posto de assessor na mesma.

Sua reputação se viu afetada nos últimos anos após a revelação do escândalo de manipulação contábil no seio da companhia, que abandonou definitivamente em março de 2016 quando a empresa reorganizou sua cúpula diretiva e seus órgãos de gestão.

Em 2005 o empresário foi também nomeado presidente da Bolsa de Tóquio, onde teve que lidar com os estragos da fraude fiscal em que se viu implicada a empresa de internet Livedoor.

Nishimuro foi posteriormente designado para fazer parte de um comitê do governo para abordar a polêmica privatização da gigante Japan Post, o que conduziu à sua nomeação como presidente em 2013.

Sob o mandato de Nishimuro, a empresa protagonizou em novembro de 2015 a maior saída à bolsa daquele ano no mundo todo e a maior do pregão japonês em quase três décadas.

O empresário, que também foi vice-presidente da principal patronal japonesa entre 2001 e 2005, abandonou o cargo em 2016 após ser hospitalizado.

PUBLICIDADE