Bolsas

Câmbio

Filial do HSBC pagará 300 milhões de euros para evitar julgamento na França

Paris, 14 nov (EFE).- A Procuradoria Financeira de Paris anunciou nesta terça-feira que a filial suíça do banco britânico HSBC se comprometeu a pagar ao Estado francês 300 milhões de euros para evitar um julgamento na França por lavagem de dinheiro e fraude fiscal.

O acordo é o primeiro convênio judicial de interesse público que se assina na França e foi validado pelo Tribunal de Grande Instância de Paris.

A filial suíça do HSBC, HSBC Private Bank Suisse, foi acusada em 18 de novembro de 2014 por captação ilícita de clientes na França e lavagem agravada de fraude fiscal.

A instituição é reprovada em particular ter captado contribuintes franceses e ter lhes apresentado os mecanismos para escapar do Fisco francês.

A quantidade de dinheiro que teria escapado dos cofres franceses, segundo o comunicado da procuradoria, seria superior a 1,6 bilhão de euro.

Na origem deste caso estão os documentos que o técnico informático Hervé Falciani entregou em 2009 às autoridades francesas sobre as bases de dados que tinha obtido quando trabalhava para o HSBC na Suíça.

Com a assinatura do convênio judicial, que permite à companhia processada negociar uma multa e evitar o julgamento, o banco reconhece a existência dos fatos pelos quais é acusado e se põe fim às investigações empreendidas pelo procurador contra a filial.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos