Itaipu apresenta centro para produzir biogás para veículos

Foz do Iguaçu (Brasil), 23 nov (EFE).- A usina hidrelétrica de Itaipu, compartilhada por Brasil e Paraguai, apresentou nesta quarta-feira sua primeira unidade de geração de biometano, que será produzido a partir da mistura de restos dos sistemas de água, esgoto, além de sobras de comida e capim.

Batizada como Unidade de Demonstração de Biogás e Biometano, a unidade pode produzir 300 metros cúbicos de biometano por dia, o suficiente para abastecer 77 veículos elétricos.

"Nós temos resíduos para fazer outros projetos. Uma ideia seria que a Prefeitura de Foz do Iguaçu pudesse utilizar o biogás", explicou o diretor do programa, Rodrigo Régis, que também citou a possibilidade de o combustível abastecer os ônibus que levam os turistas até as Cataratas do Iguaçu.

"Esse projeto é comparável ao que é feito em países como Alemanha, Áustria, Itália e outros, que têm políticas avançadas de biogás", explicou Régis.

A usina de biogás foi projetada para receber 600 quilos de restos de comida, 1,5 tonelada de capim e dez metros cúbicos dos sistemas de água e esgoto.

Desde o início dos testes, o centro já produziu 26.316 metros cúbicos de biogás, economizando assim 37.669 litros de etanol e evitando a emissão de 22,4 toneladas de gases do efeito estufa.

Na última segunda-feira, a usina de Itaipu chegou à marca histórica de 2,5 bilhões de megawatts-hora (MWh) de produção de energia acumulada desde sua inauguração.
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos