Bolsas

Câmbio

Maduro anuncia criação do Petro, a moeda virtual da Venezuela

Caracas, 3 dez (EFE).- O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou neste domingo a criação do Petro, uma moeda virtual venezuelana "para avançar em matéria de soberania monetária, para fazer transações financeiras e para vencer o bloqueio financeiro".

"A Venezuela anuncia a criação de sua criptomoeda. Seu nome será Petro. (...) Isto vai permitir que avancemos para novas formas de financiamento internacional para o desenvolvimento econômico e social do país", disse Maduro durante o seu programa semanal de televisão, transmitido pelo canal estatal "VTV".

O presidente explicou que o seu governo fará uma emissão de moeda virtual "atrelada às reservas de ouro, petróleo, gás e diamante" da Venezuela.

Nesse sentido, Maduro também anunciou a criação do observatório de "blockchain", uma tecnologia que busca a descentralização como medida de segurança através de bases de dados e registros distribuídas e compartilhadas, que possuem a função de criar um índice global para todas as transações que ocorrem em um determinado mercado. Segundo Maduro, o observatório de "blockchain" ficará subordinado ao Ministério de Ensino Superior, Ciência e Tecnologia, e será "a base institucional, política e jurídica para a moeda virtual venezuelana".

"Para implementar este observatório será formada uma equipe multidisciplinar de 50 pessoas (...). Propomos a formação de um equipe multidisciplinar de especialistas nas áreas de tecnologia, economia, finanças, jurídica, monetária, midiática, entre outras", explicou Maduro.

O chefe de Estado disse que ouvirá as propostas da Associação Nacional de Criptomoedas que, segundo um de seus integrantes, acredita no desaparecimento do dinheiro fiduciário no futuro e propõe ao Estado venezuelano realizar a venda de petróleo através do Petro.

O Bitcoin, a moeda virtual mais famosa criada em 2009, está baseada em uma tecnologia criada por um engenheiro conhecido pelo pseudônimo Satoshi Nakamoto, cuja identidade real é desconhecida.

O sistema, global e descentralizado, permite transações diretas entre usuários, sem intermediários, que ficam registradas numa base de dados pública.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos