Bolsas

Câmbio

Trump comemora aprovação de "maior corte de impostos da história" dos EUA

Washington, 20 dez (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, comemorou ter conseguido aprovar "o maior corte de impostos da história" do país, após o Congresso ter votado a favor de sua prometida reforma tributária.

Em uma cerimônia realizada nos jardins da Casa Branca, cercado pelos principais congressistas republicanos responsáveis pela aprovação, Trump celebrou a "conquista" de seu governo.

Segundo o presidente, uma família de classe média de quatro pessoas que tenha como renda US$ 75 mil por ano pagará aproximadamente US$ 2 mil a menos de impostos por causa da reforma.

Trump agradeceu, um por um, os congressistas que fizeram possível a aprovação da reforma, entre eles os líderes republicanos no Senado, Mitch McConnell, e na Câmara dos Representantes, Paul Ryan.

Em seu discurso, Ryan foi só elogios a Trump por conseguir o "tão desejado alívio fiscal que os americanos estavam esperando". Além disso, o congressista classificou a liderança do presidente na questão tributária como "excelente".

McConnell também elogiou Trump e afirmou que ele foi o responsável por "encerrar" o excesso de regulamentação da economia.

Já o vice-presidente do país, Mike Pence, brincou com o lema da campanha e disse ter certeza que Trump fará os EUA grandes de novo.

O Congresso dos EUA aprovou hoje a reforma tributária de Trump, a primeira desde 1986, uma lei que promoverá cortes de impostos principalmente para os mais ricos e para as empresas.

Além disso, o Escritório de Orçamento do Congresso (CBO) afirmou que a reforma elevará em US$ 1,45 trilhão o deficit dos EUA.
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos