Bolsas

Câmbio

Pilotos da Ryanair na Alemanha convocam greve de cinco horas para 6ª feira

Berlim, 21 dez (EFE).- O sindicato alemão de pilotos Vereinigung Cockpit (VC) convocou nesta quinta-feira os pilotos da Ryanair na Alemanha para uma greve de advertência amanhã, entre 5h e 9h local (2h e 6h, em Brasília), perante o fracasso das negociações com a companhia aérea de baixo custo irlandesa.

"Serão afetadas todas as conexões planejadas nesse período desde os aeroportos alemães", afirmou em comunicado o sindicato, sem especificar o número de voos.

Segundo explicou, as conversas com a empresa que deveriam ter ocorrido ontem foram suspensas pela direção da companhia aérea, que rejeitou dois dos cinco membros da comissão negociadora do VC.

O sindicato acusou a Ryanair de violar o princípio da autonomia sindical e considerou que sua atitude demonstra que não deseja iniciar negociações construtivas, mas ganhar tempo.

Em 15 de dezembro, a companhia aérea irlandesa anunciou que iria reconhecer os representantes sindicais dos pilotos para evitar as greves programadas em várias bases europeias para os próximos dias.

Em comunicado, o executivo-chefe da empresa, Michael O'Leary, indicou que enviou cartas para explicar esta decisão a grupos de pilotos na Espanha, Portugal, Alemanha, Itália, Reino Unido e Irlanda e para convidá-los a sentar e dialogar com a empresa.

"A Ryanair mudará agora sua velha política de não reconhecer os sindicatos para evitar qualquer ameaça de transtorno para os seus clientes na semana do Natal", afirmou a companhia aérea na nota.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos