Bolsas

Câmbio

Wall Street tem novo triplo recorde, e Dow Jones fecha acima de 25.000 pontos

Nova York, 4 jan (EFE).- Os três principais índices de Wall Street fecharam nesta quinta-feira novamente com recordes, como havia ocorrido ontem, e o Dow Jones Industrial terminou um pregão pela primeira vez em sua história com mais de 25 mil pontos e apenas 35 dias após ultrapassar os 24 mil pontos.

O Dow Jones subiu 0,61%, para 25.075,13 pontos, o seletivo S&P 500 avançou 0,40%, para 2.723,99, e o índice composto da Nasdaq teve ganho de 0,18% e fechou aos 7.077,91, em todos os casos marcas inéditas.

Os investidores mostraram bom humor desde o início das negociações, estimulados, em parte, pela divulgação de um dado melhor que o esperado sobre a saúde do mercado de trabalho nos Estados Unidos. O setor privado acrescentou em dezembro 250 mil novos empregos, muito acima dos 190 mil previstos pelos analistas do setor.

No Dow Jones, as principais altas foram dos títulos de General Electric (2,15%), IBM (2,03%), Merck (1,64%), Coca-Cola (1,41%), Caterpillar (1,38%) e Goldman Sachs (1,32%). As únicas quedas foram das ações de Intel (-1,83%), Boeing (-0,38%), Chevron (-0,31%), Nike (-0,06%), Walt Disney (-0,04%) e Johnson & Johnson (-0,01%).

Fora desse índice, chamou a atenção a forte queda de 3,32% nos papéis da rede de lojas de departamento Macy's na Bolsa de Nova York (NYSE), após a companhia anunciar 5 mil demissões e o fechamento de 11 unidades.

No fechamento do pregão, a onça do ouro aumentava para US$ 1.323,80, e a rentabilidade dos títulos da dívida pública americana com vencimento em dez anos caía para 2,452%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos