Cerca de 50 mil pessoas são afetadas por cortes de energia em Buenos Aires

Buenos Aires, 5 jan (EFE).- Aproximadamente 50 mil pessoas ficaram sem luz nesta sexta-feira em Buenos Aires e arredores por consequência do aumento da demanda por eletricidade por causa das altas temperaturas do verão, informaram fontes oficiais.

De acordo com dados oferecidos pela agência reguladora de energia do país (Enre, na sigla em espanhol), há 12.765 usuários afetados pelos cortes de eletricidade na área de concessão da companhia Edenor e 35.495 na da Edesur.

As altas temperaturas de ontem, que ficaram em torno de 35 graus, motivaram um maior consumo de energia, o que fez com que mais de 90 mil pessoas sofressem com cortes de eletricidade não programados.

A cidade de Buenos Aires e sua região metropolitana têm a maior densidade populacional do país, com cerca de 12 milhões de pessoas.

Os moradores da capital argentina já tinham sofrido cortes maciços e prolongados no fim de dezembro e no início de janeiro, no sexto ano consecutivo em que os dias mais quentes do verão levam a problemas e insuficiência na rede elétrica.

No dia 1º de dezembro, o ministro de Energia, Juan José Aranguren, anunciou que os preços das tarifas de eletricidade aumentarão 43% em nível nacional até fevereiro.

Naquela oportunidade, Aranguren enfatizou que o governo procura "normalizar o sistema elétrico para que seja sustentável".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos