ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Desaparecem cerca de US$ 534 milhões em criptomoedas no Japão

26/01/2018 22h52

Tóquio, 27 jan (EFE).- Aproximadamente 58 bilhões de ienes (US$ 534 milhões) da criptomoeda NEM desapareceram do mercado no Japão por um suposto ataque cibernético, informou o seu operador na última hora de sexta-feira (horário local), após suspender sua cotação e operações.

Após uma jornada repleta de rumores e especulações no mercado, a Coincheck, uma das principais plataformas de negociação de criptomoedas do Japão e da Ásia, anunciou que tinha detectado um acesso não autorizado em seu sistema na madrugada de sexta-feira.

Após anunciar o desaparecimento das criptomoedas, os responsáveis da casa de câmbio, estabelecida em 2012, reportaram o caso à Agência Japonesa de Serviços Financeiros e suspenderam todas as operações temporariamente.

A medida afeta o saque, a venda e a emissão de NEM, bem como de outras moedas virtuais e ienes.

Durante uma coletiva de imprensa, o presidente da Coincheck, Koichiro Wada, se desculpou pelo incidente e garantiu que sua intenção é que os clientes recuperem o dinheiro, e também revelou que a companhia iniciou um debate interno sobre a possibilidade de receber assistência financeira, segundo a agência "Kyodo".

O caso acontece depois que o país asiático foi cenário em 2014 do escândalo de Mt.Gox, que chegou a ser a maior casa de câmbio de criptomoedas, mas quebrou após o desaparecimento de milhões de dólares em bitcoins por uma suposta fraude cometida por seu proprietário, Mark Karpeles.

Japão tem se situado na vanguarda ao se abrir para as criptodivisas (forma de pagamento que tem na codificação de dados o lastro de seu valor), reconhecendo essas moedas como forma de pagamento e estabelecendo requisitos legais para todas as casas de câmbio estabelecidas no país, o que fez o valor delas disparar.

Mais Economia