Bolsas

Câmbio

Bruxelas afirma que negociação com Mercosul está em "posição difícil"

Bruxelas, 31 jan (EFE).- A Comissão Europeia afirmou nesta quarta-feira que a negociação entre a União Europeia (UE) e o Mercosul para assinar um acordo de livre-comércio está em uma "posição difícil", mas que confia que, com a "vontade política" atual, se chegará a um pacto.

"Ao final só restam os temas mais difíceis. Os assuntos fáceis já estão resolvidos", disse o vice-presidente da Comissão Europeia, Jyrki Katainen, em uma coletiva de imprensa quando perguntado pelas negociações, depois que ontem os ministros de Relações Exteriores do Mercosul e os comissários europeus de Comércio e Agricultura se reuniram em Bruxelas.

Katainen declarou que a UE deve "calibrar o quanto pode oferecer e onde estão as linhas vermelhas", mas disse estar confiante que, "se a vontade política for tão forte como é neste momento", o acordo poderá ser fechado.

"Temos muito o que conseguir do lado do Mercosul e eles precisam de um melhor acesso ao nosso mercado, assim que tenho bastante confiança neste momento, mas a negociação está em uma posição difícil", reforçou.

O comissário se recusou a pronunciar-se sobre a última oferta colocada sobre a mesa pela União Europeia, mas indicou que na reunião de ontem "as coisas progrediram" e que agora esperam que o Mercosul (Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai) responda às suas propostas e possam finalizar as negociações.

"A UE é um negociador muito experimentado em comércio e entendemos que o Mercosul não tenha tantos acordos comerciais com outros, mas entendem que isto é muito importante política e economicamente para a região", destacou Katainen.

A reunião desta terça-feira se desenvolveu sobre a base dos últimos capítulos estipulados entre os dois blocos na última rodada de negociação realizada em dezembro em Buenos Aires, e estará sucedida por um encontro dos chefes negociadores de ambas partes em Bruxelas na próxima sexta-feira para continuar avançando.

A UE e o Mercosul negociam desde 1999 um amplo acordo de associação que inclui este tratado comercial, mas as conversas estiveram bloqueadas completamente entre 2004 e 2010, e só foram retomadas em 2016.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos