ipca
-0,09 Ago.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Avanços do Uber no Paraguai "liga alerta" de motoritas de táxi

01/02/2018 16h03

Assunção, 1 fev (EFE).- O sindicato dos motoristas de táxi de Assunção está em alerta perante a possibilidade de a companhia americana Uber se instalar no Paraguai, após as notícias de que essa firma está buscando trabalhadores no país através das redes sociais.

"Neste momento estamos mantendo reuniões e olhando o quanto o Uber está avançando (..) tiraremos conclusões se por acaso tiver presença em massa e se solicitar permissões correspondentes", disse nesta quinta-feira à Agência Efe Arístides Morales, presidente da Associação de Profissionais Taxistas de Assunção (APTA).

Até agora, a presença do Uber no Paraguai se limita ao registro de marca feito em 2016 na Direção Nacional de Propriedade Intelectual (Dinapi), mas surgiram notícias sobre supostas solicitações de operações no Paraguai.

Nesse sentido, Morales disse não ter certeza sobre essa busca de parcerios através das redes sociais, e sublinhou que o registro em Dinapi não tem valor se não for acompanhado da permissão correspondente.

"A inscrição não significa que pode operar, é preciso dispor de uma habilitação, de uma permissão que pode ser outorgada por lei ou pelo município", apontou Morales.

De qualquer maneira, o presidente da APTA, que agrupa cerca de 1,2 mil táxis, disse que a atividade do Uber é totalmente ilegal e procura se apossar do setor de cada país "reduzindo o custo para poder eliminar a concorrência".

"Os consideramos ilegais porque não pagam os impostos que correspondem; porque o Uber não tem cara e porque deixa que o motorista seja o responsável em caso de prejuízo ou acidente. Não está identificado nem fisicamente e nem juridicamente", acrescentou Morales.

Mais Economia