Bolsas

Câmbio

Economia russa cresceu 1,5% em 2017, abaixo do prognóstico oficial

Moscou, 1 fev (EFE).- A economia da Rússia cresceu 1,5% em 2017, seis pontos abaixo do prognóstico oficial do Ministério de Economia, segundo o primeiro resultado oficial publicado nesta quinta-feira pelo Serviço Federal de Estatística (Rosstat).

Apesar de o ministro de Economia, Maxim Oreshkin, ter previsto há poucos meses um crescimento de 2% para o ano passado, sua pasta já havia anunciado no início do mês passado que o dado oscilaria entre 1,4% e 1,8%.

Os setores que mais cresceram foram transportes (3,7%), comunicações (3,6%) e comércio atacadista e varejista (3,1%), seguidos de matérias-primas (1,4%) e agricultura (1,2%).

A economia russa consolida com estes dados sua recuperação, após registrar no ano passado um crescimento de 0,7%, precedido por mais de dois anos de recessão provocada pela forte queda do rublo e dos preços do petróleo.

Em 2015, a economia do país se contraiu 2,5%, enquanto no ano seguinte recuou 0,2%.

O Ministério de Economia prevê que a economia crescerá este ano 2,1%, enquanto o Banco Central da Rússia prefere falar de um patamar entre 1,5% e 2%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos