Bolsas

Câmbio

Apple abrirá centro de dados na China em 2020 para operar iCloud

Pequim, 4 fev (EFE).- A Apple abrirá um centro de dados na China em 2020 para operar os serviços de armazenamento iCloud no país asiático de acordo com as novas normativas.

O centro, cuja construção começará neste ano na província de Guizhou (sudoeste), terá um investimento de US$ 1 bilhão, segundo detalhou a agência estatal "Xinhua".

A criação deste centro se deve ao fato de que, a partir do próximo dia 28 de fevereiro, os serviços do iCloud na China serão operados por um parceiro local, o Guizhou-Cloud Big Data Industry (GCBD).

A Apple explicou em seu site que a partir de então todos os dados que são armazenados neste serviço - incluindo fotos, vídeos, documentos e cópias de segurança - estarão sujeitos aos novos termos e condições do iCloud operados pelo GCBD.

"Isto nos permitirá continuar melhorando a velocidade e confiabilidade do iCloud na China e cumprir com os regulamentos chineses", acrescentou a empresa americana.

Os novos regulamentos do país, aprovados em 2017, exigem que as empresas armazenem todos os dados dos usuários dentro da China, o que gerou uma grande preocupação sobre a privacidade desta informação, que poderá ser revisada pelas autoridades.

Até que o novo centro de dados comece a operar, a Apple alugará servidores dos três principais operadores de telecomunicações chineses para proporcionar serviços do iCloud aos seus usuários, segundo detalhou a "Xinhua".

A gigante tecnológica conta com vários centros de pesquisa e desenvolvimento na China, o que demonstra o interesse da empresa americana de fortalecer-se no país asiático.

A pedido das autoridades, no ano passado a Apple deixou de oferecer na sua loja de aplicativos on-line na China os serviços de navegação anônima VPN, muito utilizados neste país para acessar sites bloqueados pela censura, como Google, Facebook, Twitter, Instagram e YouTube, entre outros.

Tampouco estão disponíveis na Apple Store da China o aplicativo Skype e outros similares para comunicação por telefone usando a internet.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos