ipca
-0,09 Ago.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Powell promete explicar suas decisões no comando do banco central dos EUA

05/02/2018 16h01

Washington, 5 fev (EFE).- O novo presidente do Federal Reserve (Fed), Jerome Powell, que assumiu formalmente o cargo nesta segunda-feira, se comprometeu a "explicar" as decisões que tomar à frente do banco central dos Estados Unidos.

"No início do meu mandato, quero enfatizar meu compromisso a explicar o que estamos fazendo e o porque estamos fazendo", declarou Powell em uma mensagem de vídeo divulgado após a cerimônia de posse do cargo.

O novo chefe do Fed acrescentou que as diretrizes de política monetária estarão focadas em "apoiar o contínuo crescimento econômico, um mercado trabalhista saudável e a estabilidade de preços".

O organismo elevou em três ocasiões no ano passado as taxas de juros de referência até a categoria atual de entre 1,25% e 1,5%; e prevê três aumentos adicionais ao longo de 2018, dada a melhoria econômica nos EUA.

A taxa de desemprego fechou janeiro em 4,1%, níveis não vistos desde 2000; e a inflação começou a subir até o objetivo anual do organismo de 2% ao ano.

Powell, de 65 anos, que substitui Janet Yellen, que deixa o banco central americano após quatros anos, disse ainda que estará "vigilante" na hora de proteger a estabilidade financeira e trabalhará para que o regulamento seja "eficiente, bem como efetivo".

Yellen, de 71 anos, foi designada para o cargo em 2014 pelo então presidente dos EUA, o democrata Barack Obama.

Apesar de o atual presidente, o republicano Donald Trump, ter elogiado seu trabalho, decidiu substitui-la por Powell, algo que justificou por considerar necessário destacar a mudança de governo com um novo rosto à frente da instituição.

A próxima reunião de política monetária, a primeira que será conduzida por Powell, está prevista para os dias 20 e 21 de março. EFE

afs/rsd

(foto)

Mais Economia