Bolsas

Câmbio

Tusk responde a Trump que guerras comerciais são ruins e fáceis de perder

Luxemburgo, 7 mar (EFE).- O presidente do Conselho Europeu (CE), Donald Tusk, respondeu nesta quarta-feira às afirmações do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre as guerras comerciais serem "boas e fáceis de ganhar", e advertiu que, na realidade, são "ruins e fáceis de perder".

"O presidente Trump disse recentemente que as guerras comerciais são boas e fáceis de ganhar. Na verdade, é ao contrário: as guerras comerciais são ruins e fáceis de perder", advertiu Tusk, em referência a uma mensagem do presidente americano em sua conta no Twitter.

Durante a apresentação dos principais pontos da minuta de diretrizes negociadoras sobre a relação entre a União Europeia (UE) e o Reino Unido após o "Brexit", o presidente do CE advertiu que o recente anúncio de Trump de impor tarifas de 25% sobre o aço e de 10% sobre o alumínio representa "um risco de uma disputa comercial séria entre os EUA e o resto do mundo".

"Acredito firmemente que é o momento de os políticos de ambos os lados do Atlântico atuarem de forma responsável, dado que o anúncio de Trump pode ter repercussões para nossos cidadãos e empresas, isso sem mencionar na economia global", disse Tusk.

O presidente do CE propôs que os líderes da UE, que se reunirão em Bruxelas em 22 e 23 de março, debatam este assunto de forma extraordinária com o "objetivo claro" de "manter vivo o comércio mundial e, se for necessário, proteger os europeus das turbulências comerciais" com uma resposta proporcional e dentro das regras da Organização Mundial do Comércio (OMC).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos