Bolsas

Câmbio

França lamenta tarifas de Trump e estudará respostas com parceiros europeus

Paris, 8 mar (EFE).- A França lamentou nesta quinta-feira as tarifas impostas pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, às importações de aço e alumínio e anunciou que estudará com os seus parceiros europeus as respostas às medidas protecionistas americanas.

"A França lamenta os anúncios de @realDonaldTrump sobre as tarifas ao alumínio e ao aço", disse no Twitter o ministro da Economia do país, Bruno Le Maire.

Le Maire advertiu que "uma guerra comercial só terá perdedores" e comentou que o governo francês também analisará com os países europeus as consequências que as medidas tarifárias terão sobre a indústria.

O presidente americano assinou formalmente hoje a imposição de tarifas de 25% sobre as importações de aço e de 10% para as de alumínio, das quais México e Canadá ficaram isentos por enquanto.

"Não tomamos estas ações por escolha, mas por necessidade", disse Trump em um ato na Casa Branca.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos