ipca
-0,09 Ago.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Trump afirma que terá "flexibilidade" nas tarifas com "amigos sérios"

08/03/2018 11h04

Washington, 8 mar (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, suavizou nesta quinta-feira sua postura sobre a imposição de tarifas ao aço e ao alumínio ao assegurar que mostrará "grande flexibilidade" com aqueles que são "amigos sérios", depois que se abriu a porta a isenções para diversos países.

"Temos que proteger e construir nossas indústrias de aço e alumínio ao mesmo tempo que mostramos grande flexibilidade e cooperação com aqueles que são amigos sérios e nos tratam de maneira justa tanto em comércio como em defesa", escreveu Trump na sua conta do Twitter.

O presidente americano acrescentou que nesta tarde terá um encontro na Casa Branca para tratar o assunto, um evento que os meios de comunicação americanos apontaram que poderia ser aproveitado para formalizar as tarifas prometidas.

Trump, que há muito tempo protesta contra o que diz que são práticas comerciais injustas da China e de outros países, convocou na semana passada executivos do aço e do alumínio à Casa Branca e anunciou que aplicará tarifas de 25% ao aço importado e de 10% às importações de alumínio.

Nesta quarta-feira, a porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, informou que o presidente "assinará algo antes do final desta semana" e acrescentou que "haverá potenciais exclusões para México e Canadá com base na segurança nacional, e potencialmente também para outros países".

A decisão de Trump provocou inquietação internacional perante a possibilidade que se desencadeie uma guerra comercial como consequência de medidas similares por parte de outros países em resposta ao protecionismo americano.

Mais Economia