Bolsas

Câmbio

Nordea proíbe aquisição de ações do Facebook a seus fundos de investimento

Copenhague, 21 mar (EFE).- O banco escandinavo Nordea, o maior nos países nórdicos e bálticos, informou nesta quarta-feira que proibiu de forma temporária que os administradores de seus fundos de investimento comprassem ações do Facebook pelo escândalo de vazamentos que atinge a rede social.

O Nordea afirmou em comunicado que a possibilidade do Facebook ter violado as regras sobre proteção de dados e os maiores riscos legais derivados disso fazem com que a situação não corresponda com o nível de transparência exigido para os seus investimentos.

"Até que tenhamos tido a oportunidade de analisar totalmente a dimensão desse problema, decidimos colocar a empresa em quarentena", afirmou o banco.

A medida, que estará vigente durante três meses, proíbe só a compra de ações, não sua venda.

O Facebook, a maior rede social do mundo, se encontra na atualidade no centro de um escândalo depois que veio à tona a informação de que ela teria oferecido dados de 50 milhões de usuários a uma empresa vinculada à campanha eleitoral de 2016 do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos