Bolsas

Câmbio

Bolsa de Moscou fecha em baixa de 11,4% após anúncio de sanções pelos EUA

Moscou, 9 abr (EFE).- A Bolsa de Moscou fechou nesta segunda-feira com uma forte baixa de 11,4% no seu índice de referência RTS, que retrocedeu para 1.094,98 pontos.

Esta queda está estreitamente vinculada ao novo pacote de sanções imposto na sexta-feira passada pelos Estados Unidos contra oligarcas e funcionários russos próximos ao Kremlin.

As maiores baixas no pregão moscovita corresponderam às ações das empresas Rusal (20,4%), Mechel (19,3%), Polius (18,3%), Sberbank (17%) e En+ (16%).

O oligarca Oleg Deripaska, fundador do grupo En+ e principal acionista da Rusal, gigante do alumínio, é um dos afetados pelas sanções, da mesma forma que Suleiman Kerimov, que preside a companhia extratora de ouro Polius.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos