Bolsas

Câmbio

China elimina tarifas sobre importações de medicamentos contra o câncer

Pequim, 2 mai (EFE).- A China eliminou as tarifas de importação de remédios contra o câncer e de medicina tradicional chinesa, e reduziu o imposto sobre circulação de mercadorias e serviços (IVA) sobre a produção e importação de remédios.

Segundo explicou Shi Luwen, diretor do centro de pesquisa internacional de medicina da Universidade de Pequim, a medida provocará uma redução de pelo menos 20% no preço dos remédios.

Além disso, haverá mais disponibilidade de remédios, a carga dos familiares será reduzida e os casos de pobreza por causa da doença serão evitados, acrescentou.

O mercado de remédios antitumorais na China supera os 120 bilhões de iuanes (cerca de US$ 18,9 bilhões), de acordo com os cálculos do Instituto Nacional do Câncer.

Desde o ano de 2016, o governo chinês chegou a acordos com companhias farmacêuticas para regular o preço de 39 medicamentos, dos quais 17 se destinam ao tratamento do câncer, conseguindo que a média de preços caísse em 50%.

As estatísticas deste Instituto mostram que a cada ano são diagnosticados 3,5 milhões de novos casos de câncer na China, sendo os mais comuns são o de pulmão, mama e estômago.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos