Bolsas

Câmbio

Desemprego nos EUA cai para 3,9%, com 164 mil empregos criados em abril

Washington, 4 mai (EFE).- O índice de desemprego dos Estados Unidos caiu para 3,9% em abril, a primeira vez que baixa dos 4% desde 2000, e mês no qual foram criados 164 mil novos postos de trabalho, informou nesta sexta-feira o Governo.

A taxa de desemprego nos EUA continua assim perto do pleno emprego, enquanto a criação de 164 mil novos postos de trabalho foi levemente menor que as expectativas dos analistas.

Os economistas tinham antecipado que a economia americana tinha gerado cerca de 190 mil empregos em abril, não obstante, este foi o mês número 91 no qual o emprego cresce de maneira consecutiva nos EUA, a sequência mais longa de bonança no mercado de trabalho já conhecida.

A baixa de 3,9% acontece depois de seis meses consecutivos em que a taxa se tinha mantido em 4,1%.

Por sua vez, o número médio dos salários aumentou em US$ 0,04 na hora do mês passado, equivalente a 0,1%, para ficar em US$ 26,84, com o que no último ano aumentou em 2,6% e espera-se que continua subindo devido ao impulso que se mantém no mercado de trabalho.

A taxa de participação na força de trabalho, a proporção de americanos que estão empregados ou buscando emprego, se reduziu ligeiramente de 62,9% a 62,8%.

Com este novo relatório de boa saúde do mercado de trabalho, aumentam as possibilidades de que a Reserva Federal (Fed) eleve as taxas de juros, atualmente entre 1,5% e 1,75%, na sua próxima reunião de junho.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos