ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Musk admite que foi estúpido ignorar perguntas de analistas financeiros

04/05/2018 13h40

Washington, 4 mai (EFE).- O fundador da Tesla, Elon Musk, defendeu nesta sexta-feira, via Twitter, as extravagantes respostas dadas por ele a perguntas de analistas financeiros há dois dias, mas reconheceu que foi estúpido ignorar parte dos questionamentos.

Musk afirmou que ignorou duas perguntas durante uma conferência telefônica para explicar os resultados do primeiro trimestre do ano porque elas representavam "teses de vendedores de curto prazo".

A Tesla quase duplicou suas perdas no período, registrando um prejuízo de US$ 784,6 milhões.

Segundo o empresário, a Tesla é a empresa contra a qual o mercado mais aposta contra. No entanto, Musk reconheceu que deveria ter respondido às perguntas dos analistas.

"Foi estúpido ignorá-las", escreveu Musk no Twitter.

Uma delas foi a de uma analista sobre as necessidades de capital que a Tesla terá à medida que amplia a produção do Model 3. Para assombro geral, Musk respondeu. "Sinto muito. Próxima. Perguntas chatas e tontas não são interessantes", afirmou.

O empresário afirmou que a reação à pergunta ocorreu porque ela já tinha sido respondida anteriormente e comentada com detalhes.

A segunda pergunta ignorada foi de um analista que pediu informações sobre os pedidos de Model 3 que a Tesla está recebendo.

"Vamos passar para o YouTube. Sinto muito. Essas perguntas são tão secas. Estão me matando!", disse o empresário, passando a vez do jornalista para um entusiasta da marca.

Musk afirmou que a pergunta era "absurda" porque a Tesla tem cerca de 500 mil pedidos, mesmo não tendo investido em publicidade e não vendendo veículos em concessionárias.

"Inclusive, depois de chegar a produzir 5 mil unidades por semana, seriam necessários dois anos para satisfazer a demanda, inclusive se as novas vendas fossem interrompidas", disse.

O fundador da Tesla reiterou que não tem preocupação com a demanda do Model 3.

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia