Bolsas

Câmbio

Argélia importará carne do Brasil para abastecer o mês do Ramadã

Argel, 6 mai (EFE).- O governo da Argélia informou neste domingo que autorizou a importação de 71 mil toneladas de carne procedente de quatro países, entre eles o Brasil, para atender à alta demanda durante o mês de jejum do Ramadã, que começará na metade deste mês.

Assim revelou neste domingo o diretor de Serviços Veterinários do Ministério da Agricultura argelino, Kaddur al Hashemi Krim, que detalhou que a carne também será importada de Espanha, França e Índia.

"Prevendo o mês do Ramadã, o governo concedeu 138 licenças a operadores para importar 71 mil toneladas de carne fresca", explicou o dirigente em entrevista à rede de televisão local "Ennahar TV".

Dessas licenças, "120 foram concedidas para importar bezerros vivos que serão sacrificados na Argélia", acrescentou Hashemi, ao explicar que o país produz entre 15 mil e 25 mil toneladas de carne e que o objetivo é evitar uma alta dos preços.

Segundo dados do Ministério de Agricultura, a Argélia cobre com o mercado local 55% da carne bovina consumida pela população, calculada em 40 milhões de habitantes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos