Bolsas

Câmbio

Google garante que identificará assistente digital por telefone após polêmica

Nova York, 11 mai (EFE).- Após a polêmica gerada nesta semana pelo assistente digital do Google, que terá no futuro capacidade para falar com pessoas por telefone, a gigante tecnológica assegurou que identificará "apropriadamente" a máquina, informaram nesta sexta-feira meios de comunicação especializados.

Segundo a emissora de televisão "CNN", o Google trabalha no desenvolvimento dessa tecnologia para que incorpore uma maneira de revelar que é uma inteligência artificial e não um humano.

"Garantiremos que o sistema esteja apropriadamente identificado", declarou a empresa.

Nesta terça-feira, na abertura da conferência para desenvolvedores do Google, seu diretor-executivo, Sundar Pichai, iniciou uma demonstração na qual o assistente digital era capaz de ligar para reservar um horário em uma barbearia, o que causou assombro e temor entre muitos.

Graças a uma função experimental chamada Duplex, o assistente, com voz feminina e natural, manteve uma conversa com uma pessoa "real", mesmo havendo respostas inesperadas, e inclusive fez pausas e sons frequentes em uma conversa coloquial.

O desenvolvedor Chris Messina, antigo funcionário do Google e considerado inventor da "hashtag", foi um dos primeiros a pronunciar-se ao qualificar a tecnologia como "incrível e aterrorizadora", através da sua conta no Twitter.

"A síntese de voz do Google, com seis novas vozes, tornará cada vez mais difícil detectar se as entidades ligando para você são humanas ou não", advertiu.

No blog corporativo que utilizam, os desenvolvedores de inteligência artificial do Google explicaram amplamente o funcionamento de Duplex, onde consideraram "fundamental" a transparência e "ser claro sobre o propósito da ligação para que os negócios entendam o contexto".

"Neste verão começaremos a testar a tecnologia Duplex no Google Assistant para ajudar os usuários a fazer reservas em restaurantes, pedir um horário na barbearia ou saber os horários e feriados de lojas por telefone", escreveram.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos