PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Uruguai investiga alfândega após vídeo de suposta propina em fronteira

22/05/2018 20h07

Montevidéu, 22 mai (EFE).- A Direção Nacional de Alfândegas (DNA) uruguaia iniciou uma investigação administrativa após a divulgação de um vídeo no qual uma pessoa pede dinheiro a passageiros de um ônibus para supostamente entregar aos funcionários da alfândega da fronteira de Chuy, entre Uruguai e Brasil.

De acordo com a entidade, já foram coletados depoimentos "de todos os funcionários que exercem funções na passagem de fronteira de Chuy" e "da pessoa que aparece no vídeo", que se identifica como "responsável" por uma excursão.

Segundo o texto, o homem, que foi processado pela DNA, "manifestou ser dono de uma empresa (de transporte) e disse que tudo se tratou de um 'show' para aliviar a passagem pela Alfândega".

O diretor da DNA, Enrique Canon, afirmou em entrevista coletiva que os alfandegários de Chuy "negaram qualquer envolvimento com o fato".

"Agora é preciso esperar que as duas ações, a administrativa e a penal, sigam o seu curso", concluiu Canon.

PUBLICIDADE