ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Apple apresenta novas versões do iOS, macOS, watchOS e tvOS

04/06/2018 17h12

Los Angeles (EUA), 4 jun (EFE).- A Apple apresentou nesta segunda-feira, durante sua tradicional conferência anual de desenvolvedores (WWDC), na Califórnia, as novas versões dos sistemas operacionais utilizados pelos dispositivos vendidos pela empresa.

Usado pelo carro-chefe da Apple, o iPhone, e pelos iPads, o iOS 12 abriu a apresentação. O vice-presidente de software da companhia, Craig Federighi, disse que os engenheiros focaram em melhorar os sistemas já existentes e prometeu que a nova versão estará disponível para todos os dispositivos aptos a rodar o iOS 11.

Grande parte da apresentação focou nas novas possibilidades de utilizar a realidade aumentada no iOS 12. A Apple disponibilizou para os desenvolvedores o ARKit12, que permite a criação de aplicativos com essa nova tecnologia.

Um dos exemplos de uso da realidade aumentada é um aplicativo lançado pela própria Apple hoje: o "Measures". Ele servirá para que o usuário meça objetos em tempo real com a câmera de seu dispositivo. Basta mirar a lente para o item em questão que o sistema faz uma varredura e mostra as dimensões na tela.

Além disso, Federighi revelou novidades na Siri, a assistente virtual do iOS, que agora permitirá acessos rápidos personalizados e dará sugestões dentro da própria interface do sistema.

Outros aplicativos, como o Bolsas, foram totalmente remodelados e ganharam versões para iPads. Uma das mudanças que mais chamou a atenção foi a do Gravador de Voz, que agora passa ter suporte nos tablets da Apple e sincronização de arquivos com o iCloud.

Preocupada com o uso excessivo dos dispositivos, a Apple também desenvolveu um recurso batizado como Tempo na Tela, que mostrará ao usuário o tempo gasto por ele em cada aplicativo em relatórios semanais. Essas informações poderão ser usadas no Limitações em Apps, mecanismo que permitirá determinar um limite de tempo de uso de cada aplicativo por dia.

As mudanças, no entanto, foram mais profundas no novo MacOS, batizado como Mojave, que se inspira na beleza noturna do deserto de mesmo nome na Califórnia para apresentar aos usuários um dos recursos mais pedidos por eles nos últimos anos: o Modo Escuro.

Federighi apresentou a novidade, que dá ao sistema tons de cinza e preto, utilizando menos brilho e tons claros.

Outro recurso que ajudará os usuários mais bagunceiros é o "Stacks", que agrupará os diversos arquivos no desktop por grupos, como o tipo de arquivo ou data de criação.

O macOS Mojave também incluirá novas funções no Finder e no Quick Look, assim como mais ferramentas no Continuidade. Será possível, por exemplo, coordenar o uso da câmera dos dispositivos móveis com os computadores, utilizando-as de forma automática para tirar fotos de documentos, por exemplo.

Na apresentação que abriu a WWDC, a Apple também apresentou o tvOS 12, utilizado na Apple TV, e o watchOS 5, que vem nos smartwatches da companhia.

Todos os novos softwares já estão disponíveis para os desenvolvedores e devem chegar aos usuários no outono do hemisfério norte (entre setembro e dezembro deste ano).

O CEO da Apple, Tim Cook, afirmou que as novidades em todos os sistemas foram pensadas tanto para o uso profissional como para o pessoal.

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia