Bolsas

Câmbio

Suécia aprova passagem de gasoduto russo por sua área exclusiva

Copenhague, 7 jun (EFE).- O Governo da Suécia aprovou nesta quinta-feira a permissão para a passagem por sua área econômica exclusiva do gasoduto Nord Stream II, que fornecerá diretamente gás da Rússia para a Alemanha através do mar Báltico, iniciativa à qual se opõem Washington e vários países europeus.

"Como estado litorâneo, a Suécia não pode impedir a colocação dos encanamentos na área econômica exclusiva (...) São águas internacionais e o estudo da solicitação da permissão foi feito de acordo com as leis nacionais e internacionais", afirmou em comunicado o país.

Apesar disso, o Executivo sueco se mostrou crítico ao projeto, ao considerar que seus riscos contradizem os objetivos da união energética da UE e "não cumprem" a sua legislação, afirmou o ministro de Indústria, Mikael Damberg.

O Nord Stream II é um projeto da estatal russa Gazprom e de outras petrolíferas europeias para dobrar a capacidade do gasoduto atual, em funcionamento desde 2012, colocando dois encanamentos paralelos de cerca de 1.200 quilômetros de extensão cada um.

Os Estados Unidos e os países bálticos, entre outros, o consideram um "projeto político" que lastra o mercado comum e a segurança energética da UE.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos