Bolsas

Câmbio

Dow Jones fecha praticamente estável

Nova York, 11 jun (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou nesta segunda-feira em alta de 0,02% em um pregão sem grandes notícias que afetassem especialmente o mercado financeiro, mas no qual os investidores avaliaram os resultados da cúpula do G7 realizada no fim de semana.

O principal indicador da Bolsa de Nova York somou 5,78 pontos e chegou a 25.322,31. O seletivo S&P 500 subiu 0,11%, para 2.782,00, e o índice composto da Nasdaq avançou 0,19% e fechou aos 7.659,92, a apenas 30 pontos do recorde estabelecido na última quarta-feira.

No Dow Jones, as principais altas foram dos títulos de UnitedHealth (1,24%), Chevron (0,89%) e Home Depot (0,66%). As quedas mais acentuadas foram das ações de McDonald's (-1,43%), Johnson & Johnson (-1,13%) e Pfizer (-1,01%).

Devido ao clima tenso entre os líderes do grupo, houve um certo temor de que a guerra comercial entre Estados Unidos e os demais países integrantes se intensificasse, mas a preocupação perdeu força ao longo do dia.

Wall Street também debatia como será o histórico encontro entre o presidente dos EUA, Donald Trump, e o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, que acontecerá nas próximas horas em Cingapura. Outro tema de especulações entre os investidores é a reunião do Comitê de Mercado Aberto do Federal Reserve, o banco central americano, na qual deve ser anunciado um aumento de 0,25% nos juros básicos.

No horário de fechamento da bolsa, a onça do ouro subia para US$ 1.304,50, e o rendimento dos títulos do tesouro americano com vencimento em dez anos aumentava para 2,959%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos