PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Nasdaq bate recorde, e Dow Jones fecha em alta de 0,22%

17/07/2018 18h05

Nova York, 17 jul (EFE).- O índice Nasdaq subiu 0,63% e estabeleceu um novo recorde nesta terça-feira, enquanto o Dow Jones Industrial fechou em alta de 0,22%, em um pregão marcado pela divulgação de resultados trimestrais de grandes companhias e o pronunciamento do presidente do Federal Reserve (Fed, banco central americano) no Congresso dos Estados Unidos.

Ao final do pregão, o principal indicador da Bolsa de Nova York somou 55,53 pontos e chegou a 25.119,89. Com a alta de 0,63%, o Nasdaq Composite avançou para 7.855,12 pontos, o patamar mais alto desde sua fundação. Por sua vez, o seletivo S&P 500 subiu 0,4%, para 2.809,55.

A maioria dos setores acabou em terreno positivo, liderados pelo de materiais básicos (1,32%) e o tecnológico (0,81%). Por outro lado, o que registrou a queda mais pronunciada foi o imobiliário (-0,63%).

Wall Street abriu o dia de hoje com perdas, em reação aos dispares resultados de empresas estratégicas como Netflix, Goldman Sachs, Johnson & Johnson e UnitedHealth, mas depois os mercados se endireitaram graças ao discurso do presidente do Fed, Jerome Powell, no Comitê Bancário do Senado.

Powell, que exaltou a fortaleza do mercado de trabalho e o crescimento da economia dos EUA, se mostrou favorável a continuar com a gradual alta da taxa de juros, embora tenha ressaltado que é fundamental encontrar o equilíbrio no ritmo dessa alta.

Além disso, os investidores avaliaram os resultados divulgados ontem pela Netflix (-5,24%), cuja última soma trimestral de assinantes, de 5,15 milhões, ficou abaixo das expectativas.

Entre os 30 títulos do Dow Jones foram perceptíveis as reações a outros resultados divulgados hoje na abertura: a Johnson & Johnson (3,54%) liderou os lucros, recompensada pelo aumento das suas receitas no seu negócio farmacêutico.

Por outro lado, os investidores castigaram a UnitedHealth (-2,6%), cujos números não convenceram, e também a Goldman Sachs (-0,18%), que aumentou seu lucro, mas cujos ingressos não superaram as previsões.

No grupo do Nasdaq se destacaram os progressos de Facebook (1,33%), Amazon (1,18%) - que alcançou hoje um recorde durante o dia -, Apple (0,28%) e Alphabet (1,26%).

Em outros mercados, a onça do ouro caiu para US$ 1.228,10, enquanto o rendimento do bônus do Tesouro a 10 anos avançava até 2,862%.