ipca
0,45 Out.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Trump sugere que Apple produza nos EUA para evitar possíveis tarifas à China

08/09/2018 17h41

Washington, 8 set (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sugeriu neste sábado que a Apple produza todos seus componentes no país para assim evitar ser afetada pelas tarifas que seu governo poderia impor sobre a China nos próximos meses.

"Os preços da Apple podem aumentar devido às maciças tarifas que poderíamos impor sobre a China, mas há uma solução com a qual haveria ZERO imposto e, de fato, um incentivo fiscal. Façam seus produtos nos Estados Unidos, ao invés de na China", escreveu Trump em sua conta pessoal no Twitter.

O governante ainda concluiu sua mensagem com um contundente convite: "Comecem a construir novas plantas (de produção) agora. Excitante!".

Trump ameaçou nesta sexta-feira impor mais tarifas sobre US$ 267 bilhões em produtos chineses, que se somariam aos US$ 200 bilhões que seu governo está preparando iniciar em breve.

Em 2017, os Estados Unidos importaram US$ 505 bilhões em produtos da China, uma soma que ficaria coberta pelas iminentes tarifas no valor de US$ 200 milhões, pelos US$ 50 milhões já impostos por Washington desde julho e pelos últimos US$ 267 bilhões mencionados por Trump.

Esta possibilidade afetou diretamente às ações da Apple, que se viram prejudicadas por uma série de informações que assinalavam que os produtos da gigante tecnológica poderiam se ver impactados pelas tarifas sobre bens importados da China.

Em abril deste ano, a Apple aplaudiu a reforma tributária impulsionada por Trump, que inclui um notável rebaixamento impositivo para as empresas, e anunciou que investirá cerca de US$ 350 bilhões nos EUA nos próximos anos.

Mais Economia