ipca
-0,21 Nov.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Trump descarta "inocência", mas se mostra otimista sobre acordo com a China

05/12/2018 14h21

Washington, 5 dez (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, se mostrou otimista nesta quarta-feira - sem querer parecer "inocente" - sobre a possibilidade de chegar a um acordo comercial com a China.

"A China está enviando sinais claros desde que voltaram para casa depois da longa viagem, com a parada na Argentina incluída. Não quero soar inocente nem nada, mas acredito que o presidente Xi (Jinping) foi sincero em tudo o que disse no nosso longo, e esperamos que histórico, encontro", afirmou Trump pelo Twitter.

Trump se referia com essas palavras à reunião realizada no fim de semana passado em Buenos Aires, durante a cúpula do G20, na qual os dois governantes definiram uma trégua na guerra comercial entre os países.

O governante americano acrescentou na mensagem que durante o encontro foram abordados "todos os assuntos", mas evitou detalhar o que foi discutido.

Horas antes de Trump escrever a mensagem, o governo chinês expressou confiança em poder chegar a um acordo comercial com os EUA e ressaltou que a conversa entre ambos foi "muito bem-sucedida".

"Confiamos no cumprimento dos consensos", afirmou hoje o Ministério do Comércio chinês em um breve comunicado divulgado no site oficial.

O otimismo desta quarta-feira contrasta com as advertências realizadas na terça-feira pelo próprio Trump.

"O presidente Xi e eu queremos que este acordo ocorra, e provavelmente ocorrerá. Caso contrário, lembrem-se que sou um homem de taxas", alertou o presidente americano no Twitter.

Mais Economia