ipca
-0,21 Nov.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Dow Jones fecha em baixa de 2,24%

07/12/2018 20h32

Nova York, 7 dez (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou nesta sexta-feira em baixa de 2,24%, com os investidores voltando a mostrar preocupação com as tensões comerciais entre Estados Unidos e China e com a análise de novos dados sobre emprego.

Ao final do pregão, o principal indicador da Bolsa de Nova York perdeu 558,72 pontos e ficou com 24.388,95. Já o seletivo S&P 500 caiu 2,33%, até 2.633,08, enquanto o índice composto da Nasdaq recuou 3,05%, para 6.969,25 pontos.

A maioria de setores encerrou o dia com números vermelhos, com a exceção do de empresas de serviços públicos (0,4%).

Entre os demais setores se destacavam pelas perdas o tecnológico (-3,53%), o de bens não essenciais (-3,08%), o industrial (-2,62%), o de materiais básicos (-2,54) e o sanitário (-2,51%).

Os investidores encaram com incerteza a trégua comercial de 90 dias alcançada por Washington e Pequim durante a última Cúpula do G20 em Buenos Aires, e temem que esta conclua sem acordos.

A detenção no Canadá, a pedido dos EUA, da diretora financeira da empresa chinesa Huawei, Meng Wanzhou, não fez mais que intensificar estes medos, apesar de hoje o principal assessor econômico da Casa Branca, Larry Kudlow, ter declarado que este caso não afetará as negociações.

Kudlow declarou hoje à emissora "CNBC" que o presidente Donald Trump pode estender a trégua se houver progresso nas negociações, enquanto o assessor de política comercial, Peter Navarro, disse que, se não houver acordo, ocorrerá um aumento das tarifas tarifárias.

Por outra parte, hoje foi divulgado o relatório sobre mercado de trabalho do governo dos EUA, segundo o qual o índice de desemprego se manteve em 3,7% em novembro, um nível não visto desde 1969, após a criação de 155.000 novos postos de trabalho.

O número de postos criados não superou as expectativas dos analistas, que estimavam 190.000, mas esses dados "frágeis" encorajam alguns investidores, segundo os analistas, porque podem levar o Federal Reserve (Fed, banco central americano) a conter seu ritmo de alta dos juros no futuro.

Entre as 30 ações cotadas no Dow Jones Industrial, nenhuma companhia conseguiu driblar o turbilhão e todas terminaram com perdas. As que mais caíram foram Intel (-4,4%), Cisco Systems (-4,03%), Microsoft (-4%), DowDuPont (-3,88%) e Caterpillar (-3,75%).

Em outros mercados, a onça do ouro subiu para US$ 1.254,30, enquanto o rendimento do bônus do Tesouro a 10 anos recuava até 2,856%.

Mais Economia