PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Google renova Shopping e permite fazer compras sem sair da plataforma

14/05/2019 17h16

San Francisco (EUA), 14 mai (EFE).- O Google anunciou nesta terça-feira um projeto redesenhado do portal de compras Shopping, que, como principal novidade, permite aos internautas adquirir produtos diretamente sem ter que acessar o site do vendedor.

Até o momento, a seção destinada às transações comerciais, uma janela que aparece perto de "imagens", "mapas" e "vídeos", mostrava aos usuários fotos e informações de diferentes sites que comercializam o produto buscado, mas para adquiri-lo era preciso ir até a página do vendedor e lá realizar a operação.

"Agora poderei continuar indo ao site original, buscar quais estabelecimentos próximos a mim têm o produto e, como novidade, poderei também comprar diretamente de qualquer dos comerciantes sem deixar o Google", explicou o vice-presidente de Engenharia para Compras e Viagens do Google, Oliver Heckmann.

"Os clientes sabem que podem comprar sem preocupações, já que o Google garante que as devoluções serão muito simples, que haverá um bom serviço para eles e que (o produto) terá a garantia do Google", completou o executivo da empresa.

O Google Express já permitia compras diretamente da plataforma da empresa, mas, ao contrário do Shopping, o serviço tinha um número limitado de marcas. Heckmann explicou que os especialistas da companhia decidiram levar o melhor do Express ao Shopping.

Com esse movimento, anunciado durante o Google Marketing Live, evento organizado pela empresa em San Francisco, o Google quer ganhar espaço no mercado de compras online, dominado pela Amazon.

Ao permitir que as compras sejam feitas direto na plataforma, o Google passa a controlar totalmente o processo comercial (buscas, anúncios e agora compras).

A estratégia pode entrar na mira dos órgãos de regulação de todo o mundo, que nos últimos anos aplicaram várias multas por monopólio contra o Google. EFE