PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Dow Jones fecha em alta de 0,45%

15/05/2019 18h34

Nova York, 15 mai (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou nesta quarta-feira em alta de 0,45% em um pregão marcado pela notícia de que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, pretende adiar em seis meses a aplicação de novas tarifas sobre veículos importados.

O principal indicador da Bolsa de Nova York somou 115,97 pontos e chegou a 25.648,02 pontos. O seletivo S&P 500 avançou 0,58%, para 2.850,96, e o índice composto da Nasdaq subiu 1,13% e fechou aos 7.822,15 pontos.

Essa foi a segunda alta consecutiva no pregão nova-iorquino, que recuperou parte das fortes quedas em seus principais índices na segunda-feira - o Dow Jones, por exemplo, perdeu mais de 600 pontos como consequência do temor dos investidores com uma intensificação da guerra comercial entre Estados Unidos e China.

Ontem, os investidores se mostraram mais otimistas após o presidente americano, Donald Trump, suavizar o tom em relação à disputa em mensagens no Twitter. Hoje, a notícia positiva foi a indicação de que o governante tem a intenção de adiar em pelo menos seis meses a aplicação de novas tarifas a veículos importados, para evitar mais tensões comerciais, desta vez com países europeus e o Japão.

No Dow Jones, as principais altas de hoje foram das ações de Visa (1,61%), Microsoft (1,41%), Pfizer (1,21%), Apple (1,20%), Walt Disney (1,11%), Procter & Gamble (1,04%), e Coca-Cola (1,01%). As quedas mais acentuadas foram dos papéis de 3M (-0,62%), Walmart (-0,41%) e JPMorgan Chase (-0,38%).

No horário de fechamento da bolsa, a onça do ouro subia para US$ 1.296,90, e a rentabilidade dos títulos do tesouro americano com vencimento em 10 anos caía para 2,377%. EFE