PUBLICIDADE
IPCA
+0,25 Jan.2021
Topo

Venezuela anuncia que abrirá escritório da Pdvsa em Moscou neste mês

06/06/2019 07h40

São Petersburgo (Rússia), 6 jun (EFE).- A Venezuela abrirá uma representação da companhia petrolífera estatal Pdvsa em Moscou agora em junho, declarou nesta quinta-feira o ministro de Petróleo do país, Manuel Quevedo.

"Será neste mês", disse Quevedo aos jornalistas nos corredores do Fórum Econômico de São Petersburgo.

O ministro acrescentou que todo o trabalho prévio para a abertura do escritório da Pdvsa na capital russa já está "feito" e atualmente os funcionários da companhia estão sendo transferidos.

Em março, a vice-presidente venezuelana, Delcy Rodríguez, anunciou durante uma visita à Rússia que Caracas planejava transferir o escritório europeu da companhia petrolífera venezuelana de Lisboa a Moscou a fim de proteger seus ativos no exterior diante das sanções dos EUA.

Os Estados Unidos foram o primeiro país do mundo a reconhecer o chefe do Parlamento da Venezuela, Juan Guaidó, como presidente interino e, desde então, tratou de pressionar o Governo de Nicolás Maduro com a revogação de vistos a funcionários venezuelanos e sanções à empresa Petróleos da Venezuela (Pdvsa), principal fonte de divisas para Caracas.

A Rússia, que possui grandes interesses econômicos no país, qualificou de "ilegais" as sanções contra a Pdvsa e assegurou que defenderá seus interesses através de todas as ferramentas do direito internacional ao seu alcance.

Segundo a imprensa local, Moscou investiu cerca de US$ 20 bilhões no seu principal parceiro na América Latina, o que inclui projetos energéticos e créditos. EFE