IPCA
0.19 Jul.2019
Topo

Berlim procura comprador para o Commerzbank, segundo revista

07/06/2019 14h57

Berlim, 7 jun (EFE).- O governo da Alemanha procura um comprador para o Commerzbank, a segunda maior entidade financeira do país, e nos últimos 12 meses teve várias reuniões com possíveis interessados, publicou nesta sexta-feira a revista "Der Spiegel".

A publicação, que se baseia em uma resposta do governo a uma pergunta do grupo parlamentar da Esquerda, menciona reuniões de membros do governo alemão - entre eles o ministro de Finanças, Olaf Scholz, e seu secretário de estado de Finanças, Jörg Kükies - com executivos do banco italiano Unicredit, do francês BNP Paribas, do holandês ING e do suíço USB.

A "Der Spiegel" argumenta que Unicredit, BNP Paribas e ING têm interesse no Commerzbank, do qual o Estado alemão possui 15% desde que interveio durante a crise financeira de 2008, enquanto o USB pode ser um sócio para a gestão de ativos no Deutsche Bank.

Não foi revelado nada sobre o conteúdo das conversas entre Scholz e os representantes destes bancos, algumas das quais aconteceram de forma paralela às recentes negociações de fusão do Commerzbank com o Deutsche Bank, que fracassaram.

Desde o fim destas negociações, em abril deste ano, muito se discutiu sobre o futuro das duas entidades, especialmente a viabilidade do Commerzbank, que desperta interesse entre concorrentes estrangeiros.

Além disso, Kükies se reuniu com representantes dos gerentes de ativos de Blackrock e Cerberus, que têm ações tanto do Deutsche Bank como do Commerzbank. EFE

Mais Economia