IPCA
0,1 Out.2019
Topo

Microsoft anuncia Project Scarlett, novo console que será lançado em 2020

09/06/2019 20h35

Los Angeles (EUA), 9 jun (EFE).- A Microsoft anunciou neste domingo, durante a prévia da feira E3, o Project Scarlett, seu novo console que chegará às lojas no fim 2020.

O principal responsável do Xbox, Phil Spencer, afirmou que este é "o console mais potente" e com rendimento "mais alto" jamais desenvolvido pela companhia americana.

A empresa realizou neste domingo no Microsoft Theatre, em Los Angeles, Estados Unidos, a conferência oficial prévia ao E3, a feira de videogames mais importante do mundo e que acontecerá de terça a quinta no Centro de Convenções da cidade californiana.

A nova geração de consoles substituirá o Xbox One (2013) e o Xbox One X (2017), e chegará junto com o game "Halo Infinite". Embora hoje só tenham sido anunciados alguns detalhes do Project Scarlett, a Microsoft garantiu que a sua nova aposta será quatro vezes mais potente que o Xbox One X e disse que será compatível com jogos em resolução 8K.

Por enquanto, não foram divulgadas imagens ou o valor de venda do equipamento. A previsão é de que ele concorra com outro videogame bastante aguardado, o sucessor do PlayStation 4, que está sendo preparado pela Sony.

Além do Project Scarlett, o evento da Microsoft, que durou uma hora e meia, serviu para apresentar jogos como "Cyberpunk 2077", "Gears 5" e "Elden Ringue", uma parceria entre Hidetaka Miyazaki, o criador de "Dark Souls", e George R.R. Martin, autor da série "Crônicas de Gelo e Fogo", livros que deram origem à série "Game of Thrones".

Uma das surpresas da conferência foi a participação do ator Keanu Reeves, que deu voz e imagem ao game "Cyberpunk 2077". EFE

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Economia