IPCA
0.11 Ago.2019
Topo

Chile emite primeiros 'green bonds' e capta US$ 1,418 bilhão

17/06/2019 21h25

Santiago, 17 jun (EFE).- O Chile emitiu seus primeiros bônus verdes, ou "green bonds", com vencimento em 2050, o que resultou na captação de US$ 1,418 bilhão, informou nesta segunda-feira o Ministério da Fazenda, que classificou a operação financeira como "muito bem-sucedida em várias dimensões".

Segundo um comunicado da pasta, os juros de 3,53% são os mais baixos obtidos pelo Chile em prazo similar na história do país, superando uma taxa de 3,71% de emissão no ano de 2012.

Além disso, o spread de 95 pontos base sobre a taxa do Tesouro americano também foi o menor entre economias emergentes para emissões neste ano.

"A emissão do nosso primeiro bônus verde mostra nosso firme compromisso de avançar com ações concretas em relação à mudança climática", afirmou o ministro da Fazenda, Felipe Larraín, no comunicado.

"Em um contexto internacional de maior turbulência financeira, se destaca a confiança dos mercados internacionais no nosso país, ao premiar com taxas historicamente baixas, inclusive abaixo daquelas equivalentes do mercado secundário", acrescentou. EFE

Mais Economia