PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Trump ameaça Apple com tarifas caso fabrique Mac Pro na China

26/07/2019 14h58

Washington, 26 jul (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ameaçou nesta sexta-feira impor tarifas às peças do Mac Pro caso a Apple decida transferir a fabricação do computador pessoal dos Estados Unidos para a China.

"A Apple não receberá isenções ou alívio para as peças do Mac Pro fabricadas na China. Façam-nas nos EUA, não há tarifas", escreveu Trump no Twitter.

Logo depois da mensagem de Trump, o valor da Apple caiu levemente no índice Nasdaq, onde estão cotadas as principais empresas de tecnologia.

"The Wall Street Journal" revelou em junho que a Apple planeja transferir dos EUA para a China a fabricação do Mac Pro, apesar da guerra comercial entre os dois países.

De acordo com o jornal, que citou "fontes conhecedoras dos planos da empresa", a Apple escolheu a prestadora de serviços chinesa Quanta Computer para produzir o novo Mac Pro em uma das suas fábricas em Xangai, próxima a outras que já criam produtos para a marca americana.

O Mac Pro, cujo último modelo foi apresentado na conferência de desenvolvedores WWDC19, em junho, é vendido com preços a partir de US$ 6 mil. Este era o último grande dispositivo que a Apple ainda fabricava nos EUA, e a empresa decidiu transferir a sua fabricação em um momento de grande tensão comercial entre EUA e China, apesar da possibilidade de aumento das tarifas.

Por isso, já em junho, a companhia dirigida por Tim Cook pediu por carta ao governo dos EUA que não aplique novas tarifas às importações da China, já que afetariam produtos como iPhone, iPad, AirPods, AppleTV e os computadores.

Na recente cúpula do G20, em junho, Trump e o presidente da China, Xi Jinping, pactuaram uma trégua comercial. Desde então não foram aplicados mais impostos ou tarifas, embora sigam vigentes os que já tinham sido decretados. EFE