IPCA
0,1 Out.2019
Topo

Barril do Texas fecha em alta de 2,1%

30/07/2019 17h18

Nova York, 30 jul (EFE).- O barril de Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) fechou em alta de 2,1% nesta terça-feira, cotado a US$ 58,05.

Ao final das operações da Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos futuros do WTI para entrega em setembro subiram US$ 1,18 em relação ao fechamento de ontem.

As cotações do barril de referência nos Estados Unidos voltaram à subir diante da expectativa do mercado quanto a uma redução da taxas de juros no país após o término da reunião de política monetária do Federal Reserve (Fed), o banco central americano.

Os analistas argumentam que a queda dos juros aliviaria os temores de uma desaceleração das economias americana e global. O ajuste também provocaria uma desvalorização do dólar, o que ampliaria a demanda pelo barril do Texas, negociado com a divisa americana.

Além disso, as cotações foram influenciadas hoje por uma nova rodada de negociação entre os governos de EUA e China. Os investidores esperam que haja algum avanço para resolver o conflito comercial entre os países, reforçando assim a demanda por petróleo.

Do lado negativo, segue a preocupação com a produção no Golfo Pérsico, palco de tensões envolvendo navios petroleiros no Estreito de Ormuz, por onde passam quase 20% do petróleo vendido no mundo.

Nesse contexto, os contratos de gasolina com vencimento em agosto subiram hoje US$ 0,03, até US$ 1,90 o galão, enquanto os de gás natural com vencimento em setembro, novo mês de referência, caíram US$ 0,02, para US$ 2,14 por cada mil pés cúbicos. EFE

Economia