IPCA
0.19 Jul.2019
Topo

Barril do Texas fecha em baixa de 1,92%

06/08/2019 17h41

Nova York, 6 ago (EFE).- O barril de Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) fechou em baixa de 1,92% nesta terça-feira, cotado a US$ 53,63, pelo temor de que a escalada de tensão na guerra comercial entre Estados Unidos e China afete a demanda global de petróleo.

Ao final das operações da Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos futuros do WTI para entrega em setembro caíram US$ 1,06 em relação ao fechamento de ontem.

A desvalorização mostra a preocupação do mercado com a disputa comercial entre os dois principais compradores de petróleo do mundo. Para os investidores, as tensões podem afetar a demanda pelo produto.

Ontem, a guerra ganhou um capítulo cambial. O Banco Popular da China (BPC), o banco central do país, resolveu desvalorizar o iuane em relação ao dólar a níveis não vistos desde 2008. O Departamento do Tesouro dos EUA respondeu, classificando os chineses como "manipuladores cambiais".

Hoje, a China valorizou um pouco o iuane, trazendo um pouco de tranquilidade aos investidores internacionais, que viram as bolsas de valores americanas registrarem o pior dia do ano ontem.

"É difícil para o petróleo se sustentar quando há tais movimentos nas ações", explicou o analista Olivier Jakob, da Petromatrix.

Nesse contexto, os contratos de gasolina com vencimento em setembro caíram hoje US$ 0,03, até US$ 1,68 o galão, enquanto os de gás natural com vencimento no mesmo mês fecharam em alta de US$ 0,04, até US$ 2,11 por cada mil pés cúbicos. EFE

Mais Economia