IPCA
0,51 Nov.2019
Topo

Glencore anuncia fechamento de maior mina de cobalto do mundo

07/08/2019 14h29

Genebra, 7 ago (EFE).- A mineradora anglo-suíça Glencore anunciou nesta quarta-feira o encerramento das atividades na mina de cobalto de Mutanda, no sudeste da República Democrática do Congo, por causa dos baixos preços da matéria-prima, que alcançou o auge nos últimos anos pelo uso nas indústrias de alta tecnologia.

As operações em Mutanda serão reduzidas a trabalhos de manutenção da instalação a partir do final do ano, "como reflexo da sua decrescente viabilidade econômica no atual contexto do mercado, com baixos preços do cobalto", destacou a empresa no relatório financeiro semestral.

A Mutanda produzia até agora 1/5 do cobalto do mundo. Essa matéria-prima gerou enorme interesse na última década devido à utilização nas baterias de automóveis elétricos, celulares e outros produtos de alta demanda, de maneira similar ao que ocorreu com o lítio.

Apesar do anúncio do fechamento, a mina de Mutanda ainda será mantida por dois anos.

Os preços do cobalto caíram 40% neste ano, reduzindo o interesse em um setor sobre o qual o governo congolês aumentou os impostos em 2018, instaurando taxas de 2% a 10% à extração.

Especialistas citados pela televisão suíça "RTS" opinam que a queda de preços se deve ao baixo crescimento do setor de carros elétricos ao longo dos anos, embora muitos governos tenham tomado iniciativas para promover o uso destes veículos. EFE

Economia