IPCA
0,51 Nov.2019
Topo

Barril do Texas fecha em alta de 2,8%

08/08/2019 18h23

Nova York, 8 ago (EFE).- O barril de Petróleo Intermediário do Texas (WTI) fechou em alta de 2,8% nesta quinta-feira, cotado a US$ 52,54, recuperando parte da desvalorização sofrida ontem graças a uma estabilização do iuane frente ao dólar.

Ao final das operações da Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos futuros do WTI para entrega em setembro subiram US$ 1,45 em relação ao fechamento de ontem.

Ontem, o petróleo de referência nos EUA despencou 4,7% devido ao temor de uma desaceleração da economia global em meio à escalada da tensão comercial entre o país e a China, que no começo da semana desvalorizou sua moeda para um patamar inédito em quase uma década - menos de 7 iuanes por dólar. A manobra levou o governo americano a acusar o país asiático de "manipuladora cambial".

Também na quarta-feira, contribuiu para a forte queda do WTI um aumento das reservas de petróleo americanas, de 2,4 milhões de barris, segundo o Departamento de Energia dos EUA (DOE). A notícia não era esperada pelos analistas do mercado, previam uma redução de 2,8 milhões de barris.

Para a recuperação do preço do barril nesta quinta-feira influíram dados favoráveis sobre as exportações da China, o que animou investidores que estavam temerosos que o conflito comercial impactasse a demanda pela matéria-prima.

Por sua vez, os contratos de gasolina com vencimento em setembro subiram hoje quase três centavos de dólar, para US$ 1,65 o galão, e os de gás natural com vencimento no mesmo mês fecharam em alta de pouco mais de 4 centavos, para US$ 2,13 por cada mil pés cúbicos. EFE

Economia